16/03/2015

Filmes: Whiplash

Escrito e dirigido pro Damien Chazelle, Whiplash é um filme que você precisa assistir, cá entre nós, só isso que tenho a dizer... Tá bom, parei, vou falar um pouco sobre o filme...

Miles Teller e J.K. Simmons estão incríveis nesse filme, tudo bem que sou suspeita para falar sobre Whiplash, mas é sério, não é a toa que J.K. Simmons ganhou um Oscar por conta do seu papel no filme, ele se entregou totalmente ao personagem. No longa, temos o jovem baterista Andrew (Miles Teller), que sonha em ser um grande baterista, reconhecido e uma lenda da música, assim como Buddy Rich, que é seu maior ídolo e uma grande inspiração. Após chamar a atenção do renomado mestre do jazz Terence Fletcher (J.K. Simmons), sua vida muda completamente, pois Fletcher tem um modo duro de ensinar e costuma ser bem rígido em todos os ensaios. 


Sem erros, sem insegurança, sem ficar fora do seu tempo e buscando ir além do que você acredita ser seu limite, é assim que ele trabalha. Tudo bem que em alguns momentos você pode achar que o cara é louco, mas conforme o filme vai rolando, percebemos que realmente é o jeito dele e que a música tem uma grande importância para sua vida. Em um momento do filme, ele diz algo que acho legal destacar aqui, sobre dizer "bom trabalho" para as pessoas em certas situações, isso pode levá-las a acreditarem que realmente o trabalho foi bem feito e talvez fiquem confortáveis com o resultado, não buscando dessa forma irem além para melhorarem, para aprenderem mais e se esforçarem mais, acho que é uma das melhores partes do filme, é onde vemos os dois realmente conversando frente a frente de uma forma calma. Digamos que Andrew... nem sei como explicar, dizer que ele vai além do que se pode imaginar é pouco, porque ele realmente ultrapassa qualquer limite, seja ele físico ou mental, é como se seu objetivo fosse tudo o que importasse, nem que para atingi-lo ele deva perder algumas pessoas na jornada. 

Essa pode não ter sido a visão do Andrew, mas foi a minha no começo do filme, hahahahah
Vale a pena assistir, não só pra quem curte música, mas pelo o que o filme retrata também! Veja o trailer abaixo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário