10/05/2015

Dia das mães: lembre-se do amor em todas as suas formas

Nem sempre é fácil enxergarmos o amor em muitas atitudes e as vezes, mesmo quando conseguimos, nem sempre temos algo importantíssimo: o sentimento de gratidão. Infelizmente ou não, pelo menos para mim, ser grato é uma das coisas mais essenciais que uma relação pode envolver. Já vi e ouvi histórias extraordinárias de mães e filhos, mas também é preciso admitir que sabemos bem, mesmo que lá no fundo, que nem todas as relações e famílias são iguais. Essa relação tão especial, com um amor puro, cheia de cuidados, preocupações, gritos, broncas, esforços, risos e tudo mais, pode ser um pouco diferente do que muitos consideram “normal”, para algumas pessoas quando não é com a mãe, é por exemplo com a tia, irmã, o pai, avô ou avó.

O importante é que nada se compara a termos uma ligação tão forte com alguém que nos olha de um jeito tão único e que cuida de nós com tanto carinho. Alguém que demonstra de suas próprias formas, esse amor tão grande que sente por nós. Tal amor que dificilmente compreenderemos até estarmos em outra posição. É como se perto dessas pessoas, nada de ruim pudesse acontecer, quem dera que elas fossem para sempre e que conseguíssemos retribuir pelo menos metade  do que fazem por nós. 

Nem adianta, se você realmente não vive aquele sentimento tão bonito do qual adora falar nas datas especiais, postar sobre ele é no mínimo estranho. Por isso, de verdade, dê valor a quem está do seu lado, a quem cuida de você, se preocupa e demonstra de seu próprio jeito todo o amor que sente por ti, seja grato a isso e se possível, por favor, busque a reciprocidade, mesmo que com pequenas coisas. Dificilmente você terá outra ligação tão extraordinária com alguém, é o tipo de relação que envolve tanto amor e tantas outras coisas que chega a ser inexplicável, todas essas mães, tias, avós, avôs e pais, seja lá quem for essa pessoa para você, que fique o mais sincero parabéns e a enorme gratidão por tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário