24/09/2015

Eu vi: Maze Runner - Prova de Fogo

[TEM SPOILER]



Um dos principais lançamentos da última semana, sem dúvida alguma, foi Maze Runner: Prova de Fogo (título original: Maze Runner: The Scorch Trials). Assim como o primeiro, ele foi dirigido por Wes Ball e no elenco, além do conhecido grupo que conta com Dylan O'Brien (Thomas), Ki Hong Lee (Minho), Kaya Scodelario (Teresa), Thomas Brodie-Sangster (Newt) e claro, a principal oponente no primeiro filme, Patricia Clarkson, a continuação da história traz novos rostos, tanto de aliados quanto de inimigos. Seria inevitável não dizer que realmente, depois de assistir você percebe que o labirinto enfrentado anteriormente, foi só o começo mesmo. Sabe aquela história de que sempre pode piorar? Então! hahah Depois de conseguir sair do labirinto, Thomas e seus aliados precisam enfrentar obstáculos inimagináveis em um cenário totalmente novo, com inimigos piores. 


A princípio, eles pensam que estão seguros em uma instalação, onde outros jovens retirados do labirinto também estão abrigados. Parece tudo bom demais, já sabem que quando é assim normalmente vai dar merda, não é? É claro que Thomas já sente que tem algo errado no lugar e Aris (Jacob Lofland), um dos garotos de lá, percebe as dúvidas e a inquietude do nosso protagonista, então ele mostra o que já descobriu e juntos confirmam que estavam certos em achar que tem algo errado ali. É o seguinte: eles são mentirosos e apoiam as experiências da CRUEL, ou seja, falsianos. Logo, o grupo, agora com novos aliados, dá um jeito de escapar e chegar até outro lugar que acredita ser mais seguro.

Não querendo dar spoiler (como se eu já não tivesse feito isso), mas a Teresa está uma Nazaré da vida, pior que o Caleb em Insurgente. Porque é claro, não basta lutar para sobreviver, ser muito procurado por gente doida, ter que enfrentar pessoas que foram infectadas que correm MUITO, estar em busca de um lugar que ninguém sabe exatamente onde é e correr muito 99% do filme, ainda tem que ter alguém do grupo pra estragar o esquema. Ok, ela pode ter bons motivos, maaaaaaaaaaas... Foi feio.


Thomas não quer desistir, mesmo que veja seu número de aliados ser abalado e suas chances de vencer a CRUEL reduzidas drasticamente, ele não quer abrir mão de evitar que eles continuem com as experiências e que a vida de outras pessoas sejam mais prejudicadas ainda por conta deles. Fora isso, um de seus maiores amigos, é capturado. O filme basicamente vai acabando com esse desejo de vingança no ar, gerando uma expectativa enorme no espectador para assistir Maze Runner - A Cura Mortal logo.


Tem correria, beijo, traição, correria, treta, tiro, the walking dead, areia, susto, correria, areia, tempestade, areia, surpresas e claro, muita ação! Veja o trailer abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário