21/04/2015

Resenha: A Mais Pura Verdade por Dan Gemeinhart

| O post de hoje do Permita-se Ir Além,  traz uma colaboração do blog Amor em cada Página, comandado por  Ketilin Alves e Maria Clara, onde você pode encontrar resenhas e textos! | Veja abaixo a resenha delas do livro A Mais Pura Verdade, vale lembrar também que elas estão fazendo um sorteio do livro no blog delas, o link está disponível no final do post:

Sinopse: Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha. Mas, em certo sentido um sentido muito importante, Mark não tem nada a ver com as outras crianças. Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram. Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier. Nem que seja a última coisa que ele faça. A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.


Visão geral

Muitas pessoas quando vão viajar compram algo decorativo da cidade em que estão visitando, sempre levam alguma lembrancinha que represente a cidade. Eu já sou diferente, viciada em livros, o que eu compro? Mais um livro que represente meu amor por essa 'aventura'.
Recentemente estive no Rio de Janeiro, curtindo a minha viajem de 'formatura', que aliás eu amei, e visitei a Livraria Cultura morri de amores por aquele lugar e fiz a aquisição do meu exemplar lindo do livro "A Mais Pura Verdade" e posso afirmar com toda certeza do mundo de que fiz uma excelente escolha!


Como definir o amor por esse livro? Desde as primeiras páginas o amor que senti por Mark foi único, puro e verdadeiro. Me apaixonei por esse incrível garotinho e seu fiel cachorro Beau.
“A Mais Pura Verdade” é um livro que conta a história de Mark, um garotinho de 12 anos que está revoltado com sua doença e todas as coisas que dizem que ele não pode fazer em decorrência do câncer que vem lutando durante anos. Mark foge de casa, levando consigo apenas seu cachorro Beau, uma máquina fotográfica, caderno e caneta e um plano: escalar sozinho o Monte Rainer, deixando para trás seus pais e sua amiga desde a infância Jessie.


“Sozinho, estou deixando meu lar.
Uma nova jornada, uma nova estrada.
Para as montanhas agora”


Ao contrário do que muitas pessoas pensam e sentem, Mark não tem medo da morte, pois segundo ele, é um fato inevitável concordo com ele.
O garoto planeja sua viajem/fuga para escalar o Monte Rainer e cumprir a promessa que fez à seu avô, que era um grande alpinista, de que iria escalar o Monte Rainer independente do que acontecesse. 
Durante sua trajetória, o pequeno garoto passa por diversas dificuldades, coisas que ele jamais havia planejado passar: assalto, ser levado por um rio e quase perder seu fiel amigo Beau.
Neste livro conseguimos sentir o amor que o pequeno Beau tem por seu dono, amo livros que tem cachorros fofos.


“Mesmo a muitos quilômetros de distância,
Um amigo ainda pode segurar sua mão
E estar ao seu lado.”


Logo nas primeiras páginas conseguimos sentir a fúria do garoto por sofrer com essa doença. Não estamos muito acostumados a livros com essa perspectiva. O autor consegue transmitir todos os sentimentos possíveis em relação a essa doença. O amor dos pais, da amiga Jessie e do seu cãozinho (aah Beau como amei te conhecer).

“- Uma vida não é uma vida completa sem um cão; é o que eu sempre digo.”

Como já disse, amo livros que tenham cães fofos, e o pequeno Beau se mostrou o melhor amigo do homem do começo ao fim do livro, passou por todas as aventuras possíveis e nos fez suspirar com seus atos de heroísmos, companheirismo e amor por seu dono.

“Os cachorros morrem, talvez. Mas uma amizade, não. Não se a gente não quiser que ela morra.”


O final foi bem diferente do que eu esperava, mas foi um final brilhante!
De todos os livros que li esse ano, esse foi o que mais me surpreendi e me apaixonei pelos personagens! 

Este é o primeiro livro do autor Dan Gemeinhart, e posso dizer que começou com o pé direito com toda certeza.

Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 224
Avaliação: 5/5


>>>> Tá rolando no blog das meninas um sorteio desse livro, para participar, é só seguir as instruções que estão nesse link aqui.

Um comentário: