13/04/2015

Filmes: Velozes e Furiosos 7

Lançado há poucos dias, Velozes e Furiosos 7 é uma das principais estreias do ano e com certeza, é um longa que despertou muita ansiedade e principalmente, uma enorme curiosidade em muita gente! No meu caso, não tinha a mínima ideia do que aconteceria com o Brian, personagem interpretado por Paul Walker, que infelizmente faleceu em 2013 e não gravou todas as cenas do filme. Foi realmente uma tragédia que chocou muitas pessoas, era difícil que o questionamento sobre o que poderia acontecer em relação ao roteiro e as filmagens não fosse enorme, mas sinceramente, creio que para a maioria dos fãs, sem contar os que foram conquistados recentemente, o longa superou muitas expectativas. 


Dirigido por James Wan, assim como já foi visto no post de lançamentos de abril e também no trailer, no filme uma nova ameaça surge para tirar a tranquilidade do grupo de amigos. Depois dos acontecimentos em Londres, o irmão (Jason Statham) de Owen Shaw, um assassino profissional, está em busca de vingança e isso compromete não só Dom (Vin Diesel), mas todos eles. É legal lembrar que em todos os filmes anteriores, vemos a forte relação do grupo, todos são praticamente uma família, colaboram, lutam, salvam se possível um ao outro e são muito leais, mas é nesse sétimo que realmente enxergamos isso com mais força, principalmente com as falas de Dom no decorrer do longa. Nele também temos boas lutas: Jason Statham x Dwayne Johnson e ainda mais, Jason Statham x Vin Diesel, particularmente essas foram as duas que eu mais queria ver, fora essas, tem também a de Michelle Rodriguez x Ronda Rousey e as duas que acontecem entre Paul Walker x Tony Jaa. Já o humor, como já era esperado, fica por conta de Roman (Tyrese Gibson) e Tej (Ludacris), além disso temos a redescoberta da personagem de Michelle Rodriguez, que passa a recuperar pouco a pouco sua memória e Mia (Jordana Brewster), está em uma nova fase de sua vida, mas fica com receio que Brian se decepcione com sua nova realidade em um ambiente mais familiar com ela e seu filho.

Bom, quem já viu os filmes anteriores, sabe bem que uma das características da franquia é a presença de cenas "absurdas",  já estar familiarizado com esse tipo de coisa em Velozes e Furiosos garante mais diversão, pois se desapegar de ficar falando "nossa, que mentira essa cena..." é necessário, se não, em MUITAS cenas você se sentirá assim, já que são carros caindo de um avião, como já visto no trailer, um carro praticamente voando de um prédio para outro, explosões, quedas mortais (não tão mortais no caso de Dom, né?)  e muito, MUITO mais. 
Essa imagem não poderia faltar, um pouco de nostalgia não faz mal, não é?
No geral, é um ótimo filme e cá entre nós, achei impossível não se emocionar com o rumo da história e o jeito que ela acaba. O final não economiza homenagens à Paul Walker, fora a música See You Again, que é o tipo de música que se você já está prestes a derramar uma lágrima, ela te dá um empurrãozinho pra derramar mais dez! hahahahaha brincadeira (mas é por aí mesmo), fora as cenas que passam, foi realmente uma homenagem bonita, ainda mais o "Para Paul", que aparece minutos depois, fora que no vídeo oficial da música tem pouco dessa parte final, caso alguém queira ver. É um filme para entreter, divertir, com muita ação, muitas explosões, lutas e claro, com cenas bem emocionantes, vale a pena ver!

Veja abaixo além do trailer do filme, o vídeo da música See You Again:




- See You Again - Wiz Khalifa ft. Charlie Puth

Nenhum comentário:

Postar um comentário