04/07/2014

Eu li: A Cabana

    Sinopse: A filha mais nova de Mackenzie  Philip foi raptada durante uma viagem durante um fim de semana, e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada em uma cabana. Após quatro anos vivendo numa tristeza profunda causada pela culpa e pela saudade da menina, Mack recebe um estranho bilhete, aparentemente vindo de Deus, convidando-o a voltar a cabana onde aconteceu a tragédia. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta a cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre. Em um mundo cruel e injusto, "A Cabana" invoca a pergunta: "Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?" As respostas encontradas por Mack vão surpreender você e podem transformar a sua vida de maneira tão profunda como aconteceu com ele.




   

Sinceramente A Cabana é um livro incrível, de verdade! Me emocionei bastante com a história, envolve muito a questão da fé, do amor e dos relacionamentos que temos com as pessoas. O que acontece com a filha de Mackenzie e o quanto isso compromete sua vida e a de sua família, é de cortar o coração. Depois de receber o bilhete aparentemente enviado por Deus, ele fica muito confuso e ao mesmo tempo que pensa que pode ser uma brincadeira, também acredita que possa ser mesmo Deus, principalmente pelo fato de o bilhete estar assinado como "Papai", que é como sua mulher Nan, costuma chamar Deus.

Mack tem muita dor e raiva guardadas dentro dele, não só pelo acontecimento com a sua filha, mas pelo o que aconteceu com o seu pai também, que costumava beber muito, bater em sua mãe e era extremamente rígido. Mackenzie tinha 13 anos apenas, era um garoto que não tinha muitas opções de ajuda, então um dia ele decidiu se confessar na igreja sobre esse problema, só que como foi descoberto por seu pai, ele acabou apanhando muito e dois dias depois, quando conseguiu ficar de pé, foi embora de casa, colocando veneno em cada garrafa de bebida que havia no lugar, deixando um bilhete para a mãe, dizendo para ela o perdoar um dia, logo depois ele se foi, prometendo que nunca mais olharia para atrás. Sendo assim, as questões que ele tinha para "tratar" com Deus, eram muito profundas e esse encontro que acontece na Cabana, muda tudo, faz ele entender melhor as coisas e enxergar outros pontos de vista. 

Também é interessante que Mackenzie ao pensar em Deus, ele imaginava um velho, porém no livro, Deus aparece em outra forma e deixa claro que ele não é masculino ou feminino, além de esclarecer outras coisas e mostrar que muitas vezes costumamos acreditar e julgar sem saber direito do que estamos falando.O livro é interessante, vale a pena ler.

Nenhum comentário:

Postar um comentário