Espalhe o bem: Conheça o projeto Transformações: arte urbana e cidadania

Você já imaginou a importância de existir dentro de uma comunidade, um projeto que incentiva a revitalização de espaços públicos, o empreendedorismo e o desenvolvimento social? Hoje em dia, felizmente muitos projetos sociais estão sendo desenvolvidos e atuando de diferentes maneiras, cada um visando um ou mais fatores imprescindíveis para colaborar com a sociedade, o "Transformações – Arte Urbana e Cidadania" é um deles, que visa justamente os três fatores que citei anteriormente para contribuir com o desenvolvimento da comunidade do Grajaú, localizado na zona sul de São Paulo.

Tive a oportunidade de obter mais informações a respeito do projeto, Carola Trimano, idealizadora do Transformações, conta que tudo tomou forma através da hospitalidade do Movimento Imargem dentro da região e ganhou força com o trabalho duro do atelier Pássaro de Papel, envolvendo os jovens e metas a serem atingidas. A seguir, vamos entender  a ideia por trás dos principais pilares dessa iniciativa e como tudo funciona para contribuir com o desenvolvimento da comunidade.


 Revitalização de espaços públicos

É interessante a forma como esse fator é desenvolvido pelo projeto, pois o meio dessa revitalização é a arte urbana. Além disso, artistas brasileiros bem reconhecidos como Mauro Neri, Titi Freak e Pas Schaefer, entre tantos outros, foram convidados para realizar essas intervenções em muros da região, mas não para por aí, pois a própria comunidade terá a oportunidade de participar da produção de painéis.

• Empreendedorismo

O projeto introduz o incentivo ao empreendedorismo, por meio de oficinas que envolvem as possibilidades de geração de renda da população da região. Sobre essas oficinas, Carola conta que elas funcionam duas vezes por semana e que estão divididas em duas partes, uma para o desenvolvimento de produtos que eventualmente poderão ser comercializados pelos jovens e outra para a criação de esculturas e instalações em grande formato para as exposições. Sendo assim, são compostas oficinas criativas sustentáveis e a de artes gráficas.

Vale lembrar também que ambos pilares estão ligados a um objetivo: a continuidade do projeto sendo levada à frente pela própria comunidade em anos posteriores.

"A ideia é de que as oficinas sejam realizadas por artistas que compartilham suas técnicas e desenvolvem um design especial em parceria com a comunidade, que vai aprendendo ludicamente uma técnica que será apreciada fora do bairro. O ideal é de que esse vínculo não se rompa e frutifique em geração de renda por meio dessas parcerias."  - Carola Trimano

Arte incrível na parede da central São Bernado do Campo, revitalizada pelo ilustrador e grafiteiro Titi Freak, convidado pelo projeto.








Calma que tem mais, é interessante ressaltar que o Transformações tem um papel importante no eixo pedagógico. De acordo com Valéria Lopes, que faz parte do desenvolvimento do projeto, em abril ocorreu o início da aplicação de atividades nas escolas envolvendo os alunos. Essa proposta visa mobilizar a comunidade escolar por inteiro, ou seja, não só os alunos, mas também seus familiares, professores, equipes técnicas e dirigentes escolares, contando com os pilares que citei anteriormente e com a integração social da seguinte forma: 

 Revitalização Urbana: Essa parte conta com a cessão por parte das escolas, de paredes externas para que murais de artistas sejam feitos. 

 Desenvolvimento Social e Geração de Renda: por meio da mobilização dos alunos e de seus familiares para a participação em Oficinas do Projeto Transformações.

Até agora são duas as escolas que estão envolvidas e além desses dois pontos acima, tem também a questão da sustentabilidade, que envolve a ideia da inserção do Projeto ao currículo escolar;  e da integração social, por meio da divulgação dos produtos e resultados dos trabalhos realizados por essas instituições.

É visível que uma iniciativa desse tipo pode contribuir muito com a comunidade, justamente por causa dos pilares que ela busca trabalhar e do tanto de pessoas que podem fazer parte. Queria aproveitar para falar, que caso saibam de algum outro projeto tanto do Grajaú quanto em outras regiões, fiquem a vontade para mandar para aparecer aqui no Espalhe o bem, é importante que cada vez mais as pessoas tomem conhecimento dessas ações. Para mais informações sobre o Transformações, basta clicar aqui para acessar o site. Deixo aqui um sincero obrigada a Nara Lacerda, Carola Trimano e Valéria Lopes pela colaboração respondendo minhas perguntas e pela atenção!

Patrocínio do projeto Transformações:  Empresa Atento 

You May Also Like

0 comentários